Propósito – Conselhos para um amigo

Depois de entender o processo que estou passando agora, nesse outro post, percebi que existem diversas situações que são ainda mais difíceis do que não saber o seu propósito. Já passei por ela algumas vezes e por muito tempo não fazia essa conexão e não via a relação com o propósito.

Muitas pessoas dizem que odeiam seu trabalho. Pesquisas demonstram que 80% das pessoas são infelizes em seus empregos e, como encontrar o Propósito está na moda, isso acaba mascarando outra coisa que acontece.

Incompatibilidade de valores

Uma das piores situações do mundo é quando você trabalha em uma instituição, ou com uma pessoa que tem valores muito diferentes dos seus. A gente tenta ignorar a situação, inventar desculpas, mas vai se formando uma magoa, um desconforto, um mal estar. As pessoas começam a se incomodar umas com as outras, simplesmente pelo que são. Não importa mais o que fazem, ou deixam de fazer. O que elas são grita e, abafar o que se é, exige um preço caro demais a se pagar. E isso não acontece apenas nos relacionamentos profissionais.

Sempre que percebi isso acontecer mudei de lugar, terminei o relacionamento, a amizade, parei de assistir ao programa de televisão, não fui mais a determinada loja… Quando decidi entender mais de perto a situação e tentei agir diferente, insistindo, esperando, tive certeza de que a separação é inevitável, por uma das partes, ou pelas duas. Se você mudou como pessoa, não tem mais como voltar atrás. Ficar junto é fazer a ferida crescer. É só uma questão de tempo.

O que fazer quando a separação é inevitável?

Insistir mais um pouco não muda o final da história, mas muda algo por dentro. Essas vezes em que eu insisti me fizeram aprender, por exemplo que: Atração e repulsão por vibração funcionam melhor do que ímã; se você olhar em volta e não gostar do que vê, olhe para dentro. As vezes o pé na bunda, a carta de demissão, o amigo que te ignora é um: – Vai procurar sua turma! (Aqui não é sua turma!). E de alguma forma sua alma te colocou lá para você aprender alguma coisa. Pode ser que seja aprender a dizer não, pode ser que seja treinar a habilidade de levar as pessoas para o “lado bom da força”, pode ser que seja simplesmente olhar para dentro e procurar por um propósito maior do que ganhar o pão de cada dia.

Querido amigo

Nunca se arrependa do que você deu porque é difícil julgar se o outro aproveitou ou não, deu valor ou não… O que a gente deu, é nosso. É a semente que vamos colher depois. Nunca se arrependa de ter sido “trouxa”. É melhor do que ficar guardando o seu melhor para um depois que às vezes não existe…

Mexendo no interior que a gente muda o mundo. Meio doido esse pensamento, mas explico ele nesse outro post Reflita sua Realidade

Agradeça pelo que você tem hoje e por cada dificuldade que te faz crescer.

Tapa na cara que eu aprendi recentemente: ajude as pessoas ajudáveis. Não são necessariamente as que pedem ajuda, nem as que mais precisam. São aquelas que vão evoluir com a sua ajuda e depois repassar a ajuda, o conhecimento, a dedicação. Fuja dos chupins que só alimentam o ego e nunca aprendem, nunca ajudam ninguém e são os reis do drama. Tenho certeza de que caiu uma ficha agora né? Infelizmente é mais fácil identificar os chupins do que os ajudáveis. Os ajudáveis vão embora em um ambiente de chupins.

*O chupim é conhecido pelo habito de colocar seus ovos no ninho de outras aves, para que as mesmas possam chocá-los, criá-los e alimentá-los como filhotes. Por isso acabou virando sinônimo de aproveitador. São diversas as espécies parasitadas por essa ave, mas a mais comum de se ver alimentando um filhote de chupim, é o tico tico (Zonotrichia capensis), que é uma ave comum em meio as cidades. Registros de Tiê Sangue (Ramphocelus bresilius), Tiê preto, cardeal (Paroaria coronata) dentre tantos outros também já foram feitos. Fonte: Wikipedia

Acho que é isso aí. Escrevi no título que esse post é para você, mas a verdade é que todos eles são egoisticamente para mim mesma. Tenho muito medo de esquecer essas coisas que aprendi.

Se cuida. Beijo!

Sofia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s