Propósito – A jornada dessa busca

Estava revisitando os caminhos que mais achei interessantes na busca por um propósito, como comentei na semana passada, e li exatamente o texto que gostaria de ter escrito hoje. Apesar de já ter usado ferramentas da Caroline Caracas, ainda não havia lido esse post dela: O que a vida quer de nós é coragem. As partes desse texto que me tocaram, em sentimento e na razão:

  1. Já começa com Attraversiamo. “Comer, Rezar e Amar” tem aparecido quase todo dia na minha vida, há algumas semanas, desde que revi o filme. E dessa vez teve um significado completamente diferente. Comprovação de que vemos as coisas e pessoas como uma projeção de nós. Eu mudei, por isso o filme me pareceu diferente.
  2. A Caroline comenta que mudou de profissão depois de 20 anos. Isso me gera muita curiosidade. Já começo a me perguntar: mas porque? como foi? deu certo?
  3. Essa frase tem grande significado para mim porque sou muito cautelosa e de algum tempo para cá percebi que isso me impede de viver intensamente o que há de mais importante: “…o corajoso pode não viver para sempre, mas o cauteloso nunca vive plenamente…”
  4. As partes que me lembram que, autoconhecimento muda tudo:
  • Destrua seus medos, jogue luz sobre eles, pare, pense, reflita, planeje e se informe. Pergunte a si mesmo se esses medos possuem fundamentos. Fortaleça-se emocionalmente e busque ajuda para desconstruir medos e crenças que te limitam.”
  • “Auto-responsabilização é você desenvolver a clareza, a consciência, de que você não pode depender de ninguém e de nada, nem de um contexto econômico, de um governo ou de um emprego. E quando você entende isso, tudo muda, você deixa de adiar os seus sonhos e de colocar condicionamento para o que você quer realizar.”
  • Precisamos lembrar que podemos sempre nos transformar: “…pessoa que você precisa ser, para conquistar o que você quer. A sua melhor versão.”

Escrevi essas partes para, caso você tenha ficado com preguiça de ler, se inspire e veja que vale a pena. Se estiver muito na correria, pelo menos eu te lembro que existe um caminho lindo para mudar as coisas e que temos muitas ferramentas gratuitas para nos ajudar a vencer nossos medos.

Parte da felicidade é a busca em si. O caminho é a própria jornada e o próprio propósito de toda a questão.

Vá no seu tempo, mas não pare nunca de buscar uma vida mais feliz, com mais sentido e com um dia a dia mais leve. Viemos aqui para aprender a lidar com esses desafios e medos. Ficar parado não nos ajuda em nada. Sempre em frente!

Sofia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s