Como eu troquei irritação por coaching grátis

Já comentei aqui que não aceitar o momento presente é causa de grande sofrimento. Aceitar o momento presente inclui aceitar o que acontece no momento presente e também os sentimentos presentes. E aceitar não significa focar neles.

Semana passada, por causa de um extrato bancário de janeiro/2016, que já havia sido enviado em fevereiro/2016, eu achei um e-mail que precisava ler. Era um e-mail de mim para mim mesma (quando não tenho tempo de ler alguma coisa, envio um e-mail para mim mesma ler depois) que eu enviei em fevereiro do ano passado sobre um programa de coaching.

Normalmente eu passaria mais tempo irritada por ter que reenviar uma coisa que já tinha enviado por causa de gente desorganizada, blá, blá, blá… Ficaria murmurando sozinha, irritada, porque não tolero os erros dos outros, muito menos os meus e muito menos ainda alguém dizer que eu tinha errado e não enviado. Agora até meu cérebro me traiu. Eu escrevi no presente, mas não sou mais assim.

Por causa desse exercício que tenho feito de ler os sinais, nem me irritei. Fui nos itens enviados, com a certeza de que o e-mail enviado há um ano estaria lá, abri o e-mail e reenviei. Estou tão concentrada, ultimamente, em coisas interessantes que não tinha tempo para ficar reclamando e sabia que reenviar seria rápido.

O e-mail logo acima, enviado para mim, me chamou a atenção (provavelmente porque o e-mail do destinatário era eu).

Quando abri, lembrei de um monte de coisas. Lembrei de como era interessante a temática dos assuntos tratados nesse programa de coaching, de como havia uma metodologia para ajudar a cumprir metas, como eu anotei vários passos, mas depois não consegui seguir, e principalmente, lembrei de como eu tinha uma visão diferente sobre o meu propósito na época. Apenas um ano atrás!

Por sincronicidade, hoje, amanhã e quarta essa coach está gravando módulos para esse programa, ao vivo, das 12h às 15h. Está sendo a oportunidade perfeita para eu cumprir a meta que me impus há um ano atrás e que simplesmente me esqueci. A meta era simples: escrever o que eu queria, porque eu queria e quais os passos para chegar ao objetivo.

Não podia deixar de contar para você como esse caminho do autoconhecimento tem me ajudado a ser mais feliz. Se eu não estivesse mudando e prestando atenção em mim mesma, nos sinais, nos meus sentimentos, não só perderia a oportunidade de fazer esse coaching gratuito, como passaria por alguns minutos de extrema irritação inútil.

Foi um ótimo negócio trocar minutos de irritação por alguns módulos de coaching gratuito.

A ironia do destino é que hoje me ligou uma pessoa dizendo que houve um mal entendido e que o extrato era de janeiro de 2017 e não 2016. Relembrando as conversas, provavelmente eu que entendi errado! Foi um baita VIU SÓ! do universo. Estou interpretando como: pare de perder tempo com coisas ruins ou que te tragam sentimentos que você não deseja sentir. Foque nas boas, nas oportunidades, no que você quer fazer, no que te anima, no que é interessante, etc.

Demais!

Sofia

P.S. Esse curso que acompanhei hoje e vou acompanhar amanhã e quarta-feira está sendo gravado pela Paula Abreu e ela está fazendo transmissão ao vivo nos links abaixo. Não haverá reprise porque o curso será pago. Apenas a transmissão da gravação será gratuita!

YouTube

Nesse site (para perguntar quem quiser fazer perguntas ao vivo, será apenas por aqui)

Facebook

O evento ao vivo será apenas das 12h às 15h, de 06/02 à 08/02.

P.S.2 Eu não estou ganhando nada para divulgar o evento. Eu realmente acho o máximo a missão da Paula e acho que a minha também tem a ver com difundir conhecimento, por isso, sempre indico as pessoas que mostram um trabalho legal. Se você tiver algo na área de autoconhecimento para divulgar também, me procure!

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Como eu troquei irritação por coaching grátis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s