É muito fácil ser legal quando está tudo bem

Como você se vê em relação às outras pessoas? Não estou falando do que elas pensam de você. Estou te perguntando como você se vê, no geral, com TODAS as outras pessoas nas mais diferentes situações do cotidiano.

Você já consegue ser do jeito que quer o tempo todo? Como você reage quando a vida te contraria? Quando tudo dá errado e sai diferente do que você queria? Quando parece que ninguém se importa com você ou com a sua opinião, quando você está impotente e é tratado como qualquer um, tirando a ilusão de que seja especial? Quando explicar a situação não é suficiente, quando você não tem nem a possibilidade de explicar a situação?

Como você reage quando é mal tratado em um restaurante, mesmo pagando pelo serviço? Como reage quando está com fome, com os pés molhados da chuva, atrasado para uma reunião e as pessoas querem entrar no elevador antes de você sair?

Pense na última vez que você teve muita vontade de chorar de raiva e interagiu com outro ser humano ao mesmo tempo. Como foi a sua interação? Você se orgulha dela ou ainda está tentando melhorar?

A verdade é que todo mundo se acha muito maduro quando tudo está indo conforme o planejado e se tem a sensação de controle das situações. Mas o auto conhecimento e a percepção de maturidade acontece

mesmo é nas situações em que você percebe que não pode controlar, nas situações em que tudo está acontecendo de forma diferente do que você planejou. Mais ainda quando todos os seus medos acontecem, vários ao mesmo tempo, te levando para um lugar onde você não queria estar.

Nessa hora é difícil manter a sanidade e tratar as situações e pessoas sem deixar a emoção falar. Não que reprimir a emoção seja a solução. Muito pelo contrário!

Não resistir a emoção faz com que você tenha maior capacidade de lidar com ela. Entrar em negação não te ajuda, só faz você transferir a responsabilidade, colocar a culpa em outro lugar e nada muda dentro de você. Não há aprendizado. Fica só a dor.

A maturidade (quebrar a cara várias vezes) te ensina que tudo é passageiro. Muito bom ou muito ruim, vai passar. Se houver algo a ser feito, bom, faça, se não, aceite. O tempo resolve a emoção e a razão resolve as questões práticas. Misturar os dois te leva a explodir, ou racionalizar desculpas para atitudes menos nobres.

Acho muito difícil que alguém responda que já consegue agir e reagir da maneira que gostaria em todas essas situações. Normal! Por isso estamos aqui…

Aceitar a emoção te leva mais rápido para a ação.

Aceitando o baque da contrariedade conseguimos passar ao próximo passo sem ficar remoendo a magoa e sem entrar no modo “e se”. É difícil explicar a aceitação do sentimento porque só faz sentido quando se sente. Rsrs

O modo “e se” é o mais famoso método de não aceitar a realidade. Ficar pensando “e se eu tivesse” é pedir para sofrer e adiar a solução. Não resolve nada!

Dá próxima vez que estiver com vontade de chorar de raiva, chore. Não fique pensando que poderia ser diferente, que isso, que aquilo. Chore (ou grite, esperneie, faça o que o sentimento mandar para si mesmo, não para os outros) e considere a realidade atual, respire e faça o que tem que ser feito da melhor forma possível. Tratar mal as pessoas, se mal tratar, se culpar, não vai mudar a realidade. Faça o melhor que puder diante das possibilidades que você tem.

As pessoas mais maduras emocionalmente que conheço resolvem as adversidades com facilidade e não ficam reclamando do que lhes aconteceu.

Eu não estou dizendo que é fácil, muito menos que eu já atingi esse estágio. Mas tenho certeza que esse é o caminho.

Pare de reclamar, sinta o que sentir e siga em frente. Mãos a obra! Qual o perrengue de hoje?

Beijo!

Sofia

P.S. Escrevi inspirada na minha irmã que teve uma baita contrariedade hoje pela manhã, mas agora à tarde já está com a mão na massa considerando todas as possibilidades para criar um plano B.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s